Os Dias do Desenvolvimento

26/04/2009

osdiasdesenvolRealiza-se a 28 e 29 de Abril a segunda edição da iniciativa Os Dias do Desenvolvimento, no Centro de Congressos de Lisboa – Pavilhão do RIO.

Nesta segunda edição sob o tema Por um Mundo Sustentável – Desenvolvimento e Recursos estará em discussão a Água e o Combate à Pobreza; as Energias Alternativas e o Desenvolvimento Económico e Sustentável; a Gestão dos Recursos e o respeito pelo Meio Ambiente; o Desafio Alimentar; a Eficácia da Ajuda; a Saúde e o Desenvolvimento Humano.

Os Dias do Desenvolvimento pretendem continuar o caminho de reflexão, intercâmbio e divulgação de actividades de cooperação desenvolvidas por entidades portuguesas públicas e privadas, nomeadamente, associações empresariais, escolas, universidades, fundações, câmaras municipais, organizações da sociedade civil, entre as quais ONGD.

Para saber mais carregue AQUI!

Anúncios

Público dedica uma página às tartarugas marinhas…

20/04/2009


publico-logo
Universidade do Algarve lança projecto em defesa das tartarugas marinhas foi o título dado pelo jornal diário Público a uma detalhada notícia sobre o Programa SADA, na ilha do Príncipe, e também sobre as actividades que decorrem em Cabo Verde.

A notícia relata diversos pormenores de experiências vividas em Cabo Verde e em São Tomé e Príncipe, e também diversas vertentes das iniciativas que se vão levando a cabo ano após ano, tendo em vista contribuir para a sobrevivência e conhecimento deste património natural único.

publico_noticiaNa Região Autónoma do Príncipe, um diploma legal de protecção de tartarugas marinhas que se anuncia para o próximo mês de Maio, e as campanhas dos equipamentos de mergulho e dos equipamentos de frio alimentados com energias renováveis, são referidos com algum destaque. A componente social nestas iniciativas empreendidas pela Universidade do Algarve nunca é esquecida, mesmo que, simultaneamente, se dedique atenção à investigação científica, indispensável para conhecer melhor estas populações de tartarugas marinhas…

… porque, afinal, as tartarugas até poderiam estar muito melhor, se as pessoas se soubessem relacionar um pouco melhor com elas!!!


WWF – Protecting Sea Turtles in the Coral Triangle

12/04/2009

wwf-logoO WWF e a Green.tv apresentam um programa de protecção de tartarugas marinhas no Coral Triangle (Filipinas, Malásia, Timor Leste, Indonésia, Papua Nova Guiné e Ilhas Salomão), localizado na região Indo-Pacífica.

No Coral Triangle encontram-se cinco das sete espécies de tartarugas marinhas, e entre elas a Eretmochelys imbricata, a Chelonia mydas e a Dermochelys coriacea, três espécies que também se encontram em STP. O WWF estabeleceu, em Berau e em Bali (Indonésia), um programa de protecção de tartarugas marinhas, através da criação duma Área Marinha Protegida, dum Turtle Conservation and Education Centre e do envolvimento das populações locais. E os primeiros resultados parecem ser animadores!

Carregue AQUI para ver o VIDEO…


1º Encontro Internacional de Desenvolvimento Local em STP

03/04/2009

desenvolvimentolocalstpO 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE DESENVOLVIMENTO LOCAL é um projecto da iniciativa da Associação ROÇAMUNDO em parceria com FUNDAÇÃO CACAU, o Centro de Estudos Africanos (CEA/ISCTE), a Associação Internacional de Investigadores em Educação Ambiental (NEREA- Investiga), o Centro de Estudos Socais da Universidade dos Açores (CES-UAC) e a Universidade Autónoma de Lisboa (UAL).

É objectivo deste projecto reunir em S. Tomé e Príncipe especialistas de diferentes áreas para reflectir sobre estratégias de desenvolvimento das comunidades locais a partir de uma realidade insular, com dificuldades evidentes em encontrar o melhor caminho para solucionar a progressiva pobreza em que se encontra mergulhado.

Várias políticas de desenvolvimento foram ensaiadas sem que alguma tivesse o efeito prático desejado, desafiando, deste modo, alguns conceitos e teorias de desenvolvimento económico. Neste contexto, a troca de experiências, tanto teórica como prática, na implementação e desenvolvimento de projectos comunitários promotores da mudança, poderá ser enriquecedora para os que têm estado empenhados em encontrar novos caminhos e soluções para romper as bolsas de pobreza. Por outro lado, é fundamental promovermos e incentivarmos o desenvolvimento de uma cultura de parceria entre agentes nacionais e internacionais, entre o sector público e privado, o poder local e agentes económicos locais, constituindo, deste modo, uma Comunidade de Prática como estratégia para a criação de mecanismos viáveis para o desenvolvimento.

Equipa de trabalho
Coordenação: Isaura Carvalho (Associação Roçamundo)
Comissão Organizadora: Isaura Carvalho (Associação Roçamundo), João Carlos Silva (Fundação Cacau), Brígida Rocha Brito (Centro de Estudos Africanos/ISCTE), Joaquim Ramos Pinto (NEREA Investiga) e Ana Cristina Palos (Centro de Estudos Sociais, UAC)

Comissão Científica
Rogério Roque Amaro (Centro de Estudos Africanos/ISCTE), José Portela (Universidade de Trás-os-Montes), Maria Antónia Barreto (Centro de Estudos Africanos/ISCTE), Brígida Rocha Brito (Centro de Estudos Africanos/ISCTE), Ana Cristina Palos (Centro de Estudos Sociais, UAC), Danilson Cotu (Ministério da Administração Interna, STP) e Isaura Carvalho (Associação Roçamundo)